Parque Maria Fumaça em São Francisco

Parque Maria Fumaça em São Francisco

Parque Maria Fumaça em São Francisco de Paula

Inicialmente, você provavelmente conhece “São Chico” pelo Lago São Bernardo, o Parque das Cachoeiras e pela a Livraria Miragem. Dessa forma, se você já tem todas essas razões para visitar a cidade, o que diria se soubesse que em breve será instalado o Parque Maria Fumaça em São Francisco? Assim sendo, a seguir vamos te contar um pouco mais sobre essa grande promessa turística que nos enche de expectativas.

Sobre o Parque Maria Fumaça

À primeira vista, introjetar-se-á mais de 85 milhões de reais em um complexo turístico privado com mais de 7,2 quilômetros de ferrovia a 846 metros de altitude. O Parque se localizará em meio aos célebres campos de cima da serra e das barragens Blang e Salto.

Mais ainda, o empreendimento apresentará pelo menos 16 lojas, 3 restaurantes e um centro de espetáculos. Vai ser uma atração e tanto.

Sobre o Trem

Em suma, a estrutura contará com uma estação férrea, duas locomotivas a vapor com três vagões, sendo uma delas de reserva, e um deck panorâmico com atrações artísticas que enaltecerão a cultura gaúcha.

Ademais, quanto à dimensão do trem, apresentará capacidade nos vagões para 150 passageiros. Igualmente, planeja-se 3 passeios diários, de modo que 450 passageiros por dia poderão usufruir do serviço.

E como tem andado o projeto?

Em síntese, o Parque Maria Fumaça – empreendimento encabeçado pelo Grupo Pró-Serra – recebeu parecer de viabilidade do licenciamento ambiental favorável em julho de 2019 em São Francisco de Paula. No entanto, essas questões ambientais são de fato muito delicadas e morosas, de modo que os trâmites de praxe prosseguem porque dizem respeito a outras esferas de governo que ultrapassam a seara municipal.

Por que em São Francisco de Paula?

Apesar de pequena – aproximadamente 20 mil habitantes – “São Chico” tem muitos atrativos que a tornam o lar perfeito para uma inovação turística.

Por exemplo, o lago São Bernardo – cartão postal de São Francisco de Paula – com seus plátanos e araucária, enche os olhos dos turistas e residentes. Assim, tornou-se um ponto de encontro para a prática de esportes aquáticos, caminhadas, ou simplesmente para apreciação da natureza.

Mais ainda, a livraria Miragem é uma referência literária, arquitetônica, gastronômica e cultural do município. Dessa forma, tem-se um prédio muito peculiar com sala de leitura, recanto artístico e até um bistrô.

Além disso, quando o assunto é natureza, São Francisco é pura ostentação. Só para ilustrar, tem o Parque das Oito Cachoeiras, com 4 roteiros de trilhas marcadas por poços e mirantes, tem a reserva Ecológica e o Parque das Cascatas com corredeiras e piscinas naturais sem igual.

As paisagens naturais com revestimento florestal pouco tocado pela mão do homem, fazem de São Francisco de Paula o abrigo perfeito para essa atração.

Quem conhece São Francisco de Paula sabe que apresenta um cenário absolutamente deslumbrante. Além disso, a arte e a cultura são valores muito presentes nessa cidade, logo, não há melhor lugar para receber esse trem. Vai ser uma obra bem vinda.

No entanto, para quem não conhece a cidade, vale a pena assistir esse vídeo:

Sobre o passeio de trem

Primeiramente, o percurso sob estudo dos investidores e idealizadores objetiva proporcionar ao visitante um momento de integração com a beleza natural da região.

Assim, haverá muito carinho na criação das estações, no trabalho de bordo dos vagões e na captura dos melhores ângulos da barragem Blang, campos, lavouras e criações de gado.

Barragem do Salto

Em resumo, a Barragem do Salto fica entre Canela e São Francisco de Paula. Dessa forma, trata-se de um local de visitação dos nativos da região, uma vez que oferece uma extensa área de lazer, tanto em seu lago, na parte superior, como no espraiado e suas corredeiras na parte de baixo.

Barragem do Blang

Por sua vez, na Barragem do Blang, os veículos passam na parte de baixo dela. Ademais, é ainda mais bonita quando está cheia, porque transborda e forma uma cascata na muralha.

Assim, perceba que são experiências que tornar-se-ão acessíveis ao público e trarão visibilidade à região.

Igualmente, o visitante terá uma experiência de contemplação muito rica durante todo o trajeto de 14 quilômetros, o qual durará aproximadamente 2 horas.

Mais ainda, em uma das estações, haverá uma parada em um deck panorâmico para apreciação da paisagem e manifestações artísticas de alta qualidade.

Por fim, assim que tivermos mais novidades sobre o tema, publicaremos no blog.

Leia também:

Além disso, aproveitamos a oportunidade para convidar você a seguir acompanhando nosso trabalho de promoção do turismo na nossa tão querida Serra Gaúcha.

Até a próxima.

Tags: , , ,

Um comentário

  1. renan.w.s@gmail.com disse:

    Parabéns pelo projeto. Viva São Chico.

Deixe uma resposta